sexta-feira, 28 de abril de 2017

Resenha: A Escolha de Eron - Ademilson Chaves

Título: A Escolha de Eron
Autor: Ademilson Chaves
Páginas: 264
Edição: 1ª
Editora: Selo Jovem
Ano: 2015
Gênero: Suspense/Drama/Romance


Sinopse: Eron é um advogado em busca de trabalho e deseja apenas ter uma vida confortável com sua família.Em uma tarde chuvosa, quando retorna para casa com suas duas filhas, é obrigado a parar o carro na estrada deserta após se envolver em um acidente, ao descer do carro se depara com um homem armado que o obriga a escolher uma das meninas a ser raptada.
Eron se vê diante de uma escolha que mudará para sempre sua vida. Após esse evento ele e a polícia passam a procurar pelo paradeiro da filha, descobre com muita dor que não há vestígios e nem sinal do homem que a levou.
Com a vida totalmente arruinada, doze anos depois, Eron conhece uma garota na rua que desperta nele uma nova vontade de viver e por quem se apaixona perdidamente, mas novamente se depara com um grande conflito, aquela poderia ser sua filha sequestrada. Inicia então uma busca implacável onde pistas e segredos do passado vão sendo desvendados e ele descobre que seu grande amigo de infância pode estar por trás do desaparecimento da sua menina.
Uma história envolvente, uma trama de tirar o fôlego, um romance proibido, uma paixão avassaladora e um crime hediondo prenderão o leitor da primeira a última página.



Acho que nem preciso mais dizer aqui o quanto eu gosto de livros de suspense. Só pela capa que o livro A Escolha de Eron tem, já me chamou bastante atenção. Quanto à premissa, pela sinopse já da pra ver que é um suspense de tirar o fôlego.


"Aquela era uma manhã fria e cinza na velha Diamantina. Ele adorava aquelas manhãs chuvosas, ia trabalhar mais bem disposto, mas naquela manhã preferiu que não estivesse chovendo..."

O advogado e pai de família, Eron, jamais poderia imaginar o que a vida lhe reservara.

Após perder seu emprego e mudar-se com sua família para outra cidade em busca de novas oportunidades e, principalmente, conforto e estabilidade para sua esposa e filhas, Eron se vê atordoado quando descobre que está em uma teia de intrigas e caiu em uma armadilha.

Agora, trabalhando com o amigo de infância, Diogo Avelar, amigo esse que tem um papel fundamental na trama e de quem acabou se distanciando, Eron sente que corre um grande perigo. E para completar, é atormentado pela desconfiança de que no passado, Diogo e sua esposa tenham tido um caso.

Ao relatar sua preocupação da possível armadilha para a esposa, Sara, esta não lhe dá ouvidos. Sua decisão, então, é de sair de casa com as duas filhas, Lyz e Jully, e sua fiel cadelinha Golden, Maya.

A estrada era longa, teria que dirigir por três horas. Chovia forte naquela tarde, quase não se via o que havia adiante, então, tudo acontece muito rápido e após um súbito incidente, Eron se vê em meio a um sequestro e é obrigado a escolher uma das filhas para ser levada.

Anos se passam após aquele acontecimento, e, em meio a grandes reviravoltas tudo toma rumos inesperados e, de repente, Eron se vê em meio a uma manifestação de populares contra o governo. O governo de Diogo Avelar. E foi quando a viu...

“Não era alta, mais para baixa, corpo esguio e magro, branca, mas não dava pra ver seus cabelos, estavam presos onde um boné escondia por completo, tinhaum olhar profundo, e parecia que estava sempre sorrindo. Eron julgou que ela tivesse uns vinte anos.” 

Mas, Eron se apaixonou perdidamente pela moça.

“Quando os olhares se encontraram, ele teve a nítida impressão de que já havia visto aquele olhar antes, de algum lugar, de algum momento muito importante de sua vida. Sentiu um frio na barriga, uma sensação que o incomodou rapidamente.”

E foi quando teve certeza.

"Era lyz. Ela tinha o mesmo olhar, a mesma covinha ao sorrir."

Seria aquela mulher envolta em seus braços, Lyz? Teria ele, após todos esses anos, apaixonado-se pela própria filha?

Crimes e mistérios te esperam em uma trama surpreendente. Um suspense de tirar o fôlego, com uma narrativa que não poupa detalhes. 
Ademilson criou uma história de escolhas, paixão, ambição, erros, pecados e perdão. O autor também acrescentou no enredo um pouco de religiosidade. Em muitos pontos do enredo, sutilmente somos estimulados a refletir. 
A edição, da Selo Jovem, está muito bonita.

Gostei bastante da leitura, que me prendeu até o fim, e recomendo muito.













0 comentários:

Postar um comentário