quarta-feira, 15 de junho de 2016

Resenha: Quando Nasce Um Romance - Röhrig C.


Título: Quando Nasce Um Romance
Autor: Röhrig C.
Páginas: 222
Edição: 2ª
Editora: Publicação Independente
Ano: 2015
Gênero: Romance Noir/Underground


Sinopse: Jeux é um escritor underground e alcoólatra, sua vida estava resumida a fazer planos e ir ao bar encontrar os amigos. Sem perspectivas, vivendo em uma cidade provinciana. Colecionando amantes como quem coleciona figurinhas de futebol. Numa noite conhece Isabella, e sua vida ressurge através dos olhos da garota. Nasce uma paixão, envolvente e confusa: diferença de idade, situação financeira, classe social, relacionamentos alternativos, o tempo em que cada um se encontra no mundo, tudo conspira contra eles. Ela com 21 anos, casada, universitária. Ele 33 anos, escritor alternativo, sem formação acadêmica; e boêmio. O único elo que os une é a necessidade de estarem juntos de forma intensa e transgressiva.

Neste livro do autor, parceiro do Blog, Röhrig C., o protagonista é Jeux, um escritor underground, alcoólatra, de 33 anos que narrará seu cotidiano, suas facetas e suas aventuras sexuais.

Jeux está sempre de ressaca. Sua vida resume-se em dormir, encontrar os amigos no bar, beber, fumar, dormir, fazer sexo, beber, se esconder do carteiro que só lhe traz contas e mais contas para pagar, encontrar os amigos no bar, fumar, beber...

Ele está travado. Com dificuldades para escrever ha dias. Nada vem à sua cabeça. Nada lhe inspira. Ele precisa (desesperadamente) de uma história.
Mas não poderia imaginar que sua história viria com lindos olhos verdes. Aquele olhar penetrante que fazia sua alma queimar.


“Você já viu como um gato olha para um pássaro? Ela olhava daquela maneira. Os olhos meio fechados, aqueles olhos verdes, o olhar fixo e penetrante, sentia minha alma queimando.”

Ah... aquele par de olhos verdes (pra não dizer outra coisa) (risos) se chama Isabella.

Os amigos de Jeux, formam um grupo de poetas boêmios. Personagens que o autor criou de uma forma muito concreta.
Encontram-se todas as noites. Bebem. E, naquela mesa de bar, seus diálogos são sempre sobre temas literários e sexo.

A rotina de Jeux, basicamente é esta. Ele relata muitos episódios. Desde suas necessidades fisiológicas até suas fantasias eróticas.

Quanto ao desfecho do enredo, já imaginava.

Acabei me divertindo com as aventuras de Jeux. Apenas não pude engolir uma colocação infeliz que falava sobre animais. Achei desnecessário.
Mas recomendo para quem aprecia o estilo literário alternativo.

Por ser uma romance noir, a linguagem do autor não é das mais afáveis.Sua narração é direta.
A obra foi publicada de foma independente e nos traz um conteúdo não muito recomendável para todas as idades.
O diferencial desta segunda edição são as ilustrações a cada capítulo, que nos dão um complemento de onde o enredo é ambientado.

Boemia, noites escuras, sexo. É o que você vai encontrar nas páginas de Quando Nasce Um Romance, "com estes camaradas que tem um estilo beat, e levam a vida como num film noir."






























Gostou da premissa? Então jogue-se neste mundo boêmio com Jeux e seus amigos.




0 comentários:

Postar um comentário