domingo, 10 de abril de 2016

Entrevista: Autora Renata Varela

A autora do livro Porque Aceitei Aquele Pedido (resenha aqui) nos concedeu uma entrevista exclusiva!
Então, vamos conhecer um pouquinho mais sobre ela?




Nasci em Recife – PE e nunca saí daqui. 

Metade da minha vida foi construída na internet, inclusive meu casamento – conheci meu marido na internet – e as publicações dos meus livros, que são feitas pelo Wattpad. 

Sou apaixonada por cachorros e livros/filmes que me façam sentir que o mundo pode ser sim um lugar bom.






Renata Varela nasceu no dia 08 de março de 1996 em  Recife, Pernambuco.
Casada. Adora animais, e, é mamãe de duas gatinhas chamadas Mila e Léia e do supercão Billy.


Dona de um talento inestimável. Começou a escrever aos 13 anos, mas só percebeu que isso era o que queria mesmo, aos 17. 

Não tive um momento “uau, sou escritora”... foi gradativamente. Eu fui escrevendo mais e mais, e cada dia percebia o quanto eu gostava daquilo e queria passar o tempo inteiro fazendo aquilo. - Confidenciou a autora. 

Começar a escrever afetou minha vida em tudo… eu passei a ser mais (ainda mais) observadora… comecei a ver a vida com outros olhos, a desejar algo, almejar um futuro. Deu uma direção à minha vida. - Contou Renata.

Pedi à autora de onde vêm seus personagens e se são inspirados em pessoas reais, fatos. E se há um personagem preferido:
Alguns, sim… mas depende muito. Geralmente não escrevo personagens inspirados em amigos, nem nada, porque acho muito difícil, é um peso maior escrever alguém baseado nos meus amigos ou familiares, pois tenho sempre aquela pressão de ter que ser igual. Mas as situações, sim, eu sempre escrevo algo parecido com o que já passei, ou algo que um amigo passou.
Não tem como dizer apenas um preferido.Todos são queridos. São como filhos… a gente nunca assume que tem um preferido, mas até o momento, a "Ellen", de "As Listas de Ellen" é minha favorita.

Renata tem como influencias literárias Lindsey Kelk, Marian Keyes e Sophie Kinsela. 
Já escreveu obras como, Paris No Dia Dos Namorados; As Listas de Ellen e Porque Aceitei Aquele Pedido, que se destaca por ser um livro curto e divertido: 

O conto é uma narração divertida da vida de Lilli, uma mulher independente e um pouco paranoica, que vive achando que não deve casar, e tem crises de asma sempre que fica nervosa. O conto veio até mim num dia normal, repentinamente, e eu o finalizei em menos de uma semana. Acho que muita gente pode se identificar com a personagem principal, principalmente nos dias de hoje, onde as mulheres são tão fortes e donas de si.

Todos sabemos que a divulgação de um livro não é fácil, e a literatura brasileira ainda sofre algum tipo de preconceito. Pedi a opinião da autora sobre isso e se há dificuldade de aceitação ou de divulgação:

Dificuldade sempre tem… as pessoas viram o nariz para a literatura nacional contemporânea, e eu não entendo o porquê. Existem tantos livros bons sendo escritos por autores novos e brasileiros. Não tenho problema com aceitação. Graças a Thor, meus livros são bem aceitos. Estou alcançando um novo patamar na plataforma de publicação online Wattpad, com livros sendo lidos diariamente. As pessoas parecem curtir o que ofereço, e é uma ótima sensação. 

Planos de obras futuras:

Tenho três em andamento (risos). Escrevo constantemente, sempre tem alguém falando na minha cabeça. Atualmente estou escrevendo uma sequência e um projeto novo, ainda sem muito a dizer sobre.
Porque Aceitei Aquele Pedido ainda não tem previsão de lançamento do livro f[ísico, mas você pode ler esta e outras obras da autora no wattpad, e no Amazon Kindle Unlimited.
















6 comentários:

  1. Olá linda,
    Quando em me formar em agosto(os Anjos dizem Amém) vou investir na divulgação da Literatura Nacional, porque esse negócio de campanha contra a Literatura Brasileira que rolou há um tempinho atrás me deixou bem triste e percebi muitos fatores que falarei numa postagem semana que vem.

    Amei saber que a autora gosta de autoras que curto e ela deve ser muito talentosa e vou atrás da obra dela para me deleitar.

    Beijocas,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá,tudo bem?

    Adoro entrevistas. Sempre conhecemos mais um pouco da autora. E gostei muito do bate papo. Fico muito contente quando conheço uma nova escritora nacional. Apoio muito, e não entendo porque algumas pessoas torcem o nariz ainda. Fiquei muito triste com uma colega qunado ela disse que não lia nacional. Mas ela é daquele tipo que acha que tudo de fora é bom, e nada daqui vale a pena. Não gosta de filmes nacionais, vive falando mal das dublagens/dubladores e etc. Sabe o que é não dá valor em nada. E isso me irrita um pouco, pois sei como temos ótimos artistas.

    Desejo muito sucesso para o blog e a autora. E continuem com este trabalho, que só tem a crescer.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii meu bem, tudo bem?
    Eu achei a autora um amorzinho puro e confesso que fiquei completamente chocada quando ela falou que está escrevendo três obras, como assim três ao mesmo tempo? hahahahahhaha
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  4. Lullys, adorei conhecer mais sobre a autora e gostei desse jeito bem diferente da sua entrevista.
    Super curti.
    Fiquei muito curiosa para ler algo dela.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei com ela por amar os animais. Vou procurar saber mais sobre as obras, não conhecia.

    ResponderExcluir
  6. Oi, ainda não conhecia a autora mas gostei da forma positiva como ela leva sua vida. E seu amor por Bichos...
    Bj

    ResponderExcluir