quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Resenha: Por que Aceitei Aquele Pedido? - Renata Varela



Título: Poque Aceitei Aquele Pedido?
Autor: Renata Varela
Páginas: 66
Edição: 1ª
Editora: 
Amazon (eBook Kindle)
Ano: 2015
Gênero: Romance



Sinopse: 
Lilly não quer se casar. Idealiza uma vida de viagens, liberdade e sem compromissos. Mas não precisa estar sozinha; Não. Don, seu namorado desde os tempos da faculdade, está em seus planos para o futuro, mas como um namorado tranquilo, conhecendo o mundo juntos e morando em apartamentos separados. Só que Don quer outra coisa.Na noite de ano novo, com mais de cinqüenta pessoas de testemunha, Don se ajoelha e... pede Lilly em casamento. Em pânico, sem saber como rejeitar um pedido tão genuíno, ela acaba dizendo "sim", mas se arrepende profundamente quando percebe que a vida de casada não é para ela, e começa a se fazer a pergunta: Por Que Aceitei Aquele Pedido?


Em Porque Aceitei Aquele Pedido vamos conhecer a sonhadora e amante da liberdade, Lilly, sua melhor amiga Rachel, e o culpado pelo pedido que virou a cabeça da nossa protagonista, Don , o namorado dedicado e meloso.
Lilly é formada em educação física, trabalha como instrutora de natação para crianças e divide um apartamento com Rachel
Amigas inseparáveis, porém de opiniões divergentes.

Rachel sonha com um casamento. Namora George, que não se mostra lá tão disposto a tornar isso realidade. Lilly, sonha com a liberdade. Viajar o mundo e não ter que se prender a nada nem ninguém.

O mundo de Lilly vira de ponta cabeça a partir do momento em que ela "aceita aquele pedido" em público naquela festa de ano novo na casa de Don com mais de cinquenta pessoas olhando pra eles. Como ela ia dizer que não?

E é aí que começa o grande dilema na vida dela. Lilly ama Don, sem dúvidas, mas não quer se prender. Fica horrorizada só de se imaginar subindo em um altar e nem cogita a ideia de um dia ter filhos. Ela quer liberdade. E Don não é exatamente a pessoa certa para viver todas as aventuras que ela sonha realizar um dia.

Com a pressão dos preparativos para o casamento, da família e do próprio Don, Lilly resolve dar um tempo de tudo, e viaja com a melhor amiga para a praia, afim de por os pensamentos em ordem. Colocando assim, em risco seu casamento e também seu emprego.
E agora? Será que a viagem vai fazer Lilly realmente desistir do casamento? Será que ela vai salvar seu emprego? 

Narrado de uma forma descontraída e, em primeira pessoa, o livro acaba nos fazendo refletir, muitas vezes, sobre as escolhas que fazemos em nossa vida. Eu, particularmente, me identifiquei bastante com a personagem, em outros tempos (risos). Mas confesso que, em certos momentos, odiei Lilly.
Às vezes, na vida, as pessoas precisam perder o que tem para poder reconhecer o quão valioso era aquilo ou aquela companhia ao seu lado. 
Lilly, de fato, faz Don sofrer um bocado, levando em conta a personalidade do rapaz (risos). 

Gostei bastante de embarcar com os personagens nestas aventuras que o livro nos remete no decorrer das 66 páginas que terminei em pouco mais de uma hora. 
Sim! 66. Um conto pequeno, mas uma leitura indispensável se você gosta de livros românticos e divertidos. Como é o meu caso.

Imaginei Porque Aceitei Aquele Pedido nas telonas como uma comédia romântica. Já pensou, Rê? (risos)




O livro está disponível no site da Amazon (em breve sai o livro físico). 

Saiba mais nas redes sociais:

Renata Varela


Por Que Aceitei Aquele Pedido





4 comentários:

  1. Olá,

    adorei sua resenha, confesso que desconhecia essa obra, desconhecia a autora, deve ser um livro legal, pois tem uma leitura leve, descontraída e que faz refletir. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  2. Luana que interessante, não conhecia esse livro e pela sua resenha acredito que iria me divertir com a história. Essa questão de não querer casar e ter filhos é bem pessoal e particular, acredito que cada um tem que seguir seu coração. O casamento é algo que vc precisa estar certa que quer entrar para que dê certo. Fiquei curiosa para saber qual será a decisão dela. E como vc destacou, muitas vezes precisamos perder para valorizar. Enfim parabéns pela leitura e pelo texto.
    Amei a sugestão de leitura nacional.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bom?
    Também imaginei essa história nas telonas e seria algo que eu assistiria. Não conhecia o conto, mas algo me diz que já vi essa capa na Amazon. Bom, eu já imagino o desenrolar dos fatos, mas acredito que a história tenha seu charme e fiquei interessada na leitura.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir